Caxambu

Nas montanhas do sul de Minas Gerais situa-se Caxambu, o maior complexo hidromineral do mundo, com 12 fontes de água mineral com propriedades diferentes.

A cidade possui um conjunto arquitetônico e paisagístico de rara beleza e um clima saudável de montanha.

Criada em 16 de setembro de 1901, a Vila de Caxambu, só foi elevada a categoria de cidade 14 anos mais tarde.

Através do colorido de suas paisagens, das belezas naturais, pelos encantos de seus jardins floridos e pelo valor inigualável de suas miraculosas águas, Caxambu vem, desde a época do Brasil colônia, conquistando seus visitantes.

 

Parque das Águas

O Parque das Águas de Caxambu, tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (IEPHA), tem 210.000 m² de área e conta com 12 fontes de águas minerais, de alto poder diurético e desintoxicante, com propriedades químicas diferentes umas das outras, fluindo ininterruptamente. Os bosques, jardins e alamedas de grande beleza paisagística são perfeitos para passeios tranquilos e revitalizantes.

Dentro do parque se encontra o suntuoso Baneário Hidroterápico, construído no início do século XX em estilo neoclássico, e ricamente ornamentado com vitrais franceses. Os azulejos e pisos, vindos de Portugal e da Inglaterra, formam belíssimos mosaicos e desenhos. Em seu interior há diversos tipos de banhos, duchas e saunas.

O parque ainda dispõe de um lago com pedalinhos circundado por uma pista de cooper, possui também piscinas, quadras esportivas, playground e coreto. 

 

As 12 Fontes

Dom Pedro

Água mineral carbogasosa, bicarbonatada, fluoretada e radioativa. Indicada para problemas digestivos; dispepsia e digestões lentas, purifica o sistema hepato-renal. 
Não recomendada para gastrite.

Dona Leopoldina 

Água mineral carbogasosa, bicarbonatada, sódica e fluoretada. Normaliza as funções gastrointestinais e hepatobiliares.

D. Isabel / Conde D'Eu  

Água mineral carbogasosa, bicarbonatada, cálcica, magnesiana, fluoretada e ferruginosa. Indicada como tônico geral, com ação anti-anêmica.

Duque de Saxe

Água mineral carbogasosa, bicarbonatada, cálcica, magnesiana, fluoretada e sulfurosa. Indicada para o fígado e vesícula biliar; laxativa. Antisséptica e desintoxicante do aparelho digestivo. O gás sulfídrico é indicado para o aparelho respiratório.

Beleza

Água mineral carbogasosa, bicarbonatada, cálcica, magnesiana, fluoretada e ferruginosa. Rica em sais minerais, é um grande tônico para o organismo. Possui efeito calmante, hidratante e nutritivo para a pele. Indicada para problemas alérgicos.

Viotti

Água mineral carbogasosa, ferruginosa, fluoretada e radioativa. Possui efeito diurético e depurativo; é utilizada para dissolver cálculos renais.

Venâncio

 Água mineral carbogasosa, bicarbonatada, cálcica, magnesiana, fluoretada e radioativa. Indicada para hipertensão arterial. No passado foi utilizada em banhos carbogasosos.

Mayrink nº 1

Água mineral carbogasosa e radioativa. Utilizada para gargarejos. É anti-séptica e anti-inflamatória.

Mayrink nº 2

Água mineral carbogasosa, fluoretada e radioativa. Indicada para irritação nos olhos.

Mayrink nº 3

Água mineral carbogasosa, fluoretada e radioativa. Utilizada no engarrafamento, em diferentes banhos do balneário e nas piscinas.

Ernestina Guedes

Água mineral carbogasosa, bicarbonatada, cálcica, magnesiana, fluoretada, ferruginosa e radioativa. Indicada para doenças dermatológicas.

Gêiser Floriano de Lemos

É um tipo de água mineral com erupções periódicas e jatos de até 5 metros, devido a pressões de gases (gás carbônico) existentes na mesma. Não é um verdadeiro gêiser geotermal, cujas temperaturas são elevadas; esta variante é denominada gêiser de água fria (27º C).

 

Ninfa do Lago

Estátua simbolizando a divindade das águas, Originária da Bélgica, foi recebida como prêmio do concurso de águas minerais, na Europa.

 

Chico Cascateiro

Este humilde artesão português, dono de uma primorosa técnica de reproduzir a fauna e flora em estucagem, deixou várias obras no Parque das Águas como a cascatinha, a casinha de bonecas, bancos, etc.

   

.

garrafas

.

.

.

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn
ladrilhos